31 de janeiro de 2013

A minha tendência: azul marinho, o novo preto

Há uns bons anos atrás, o meu guarda roupa enchia-se de castanhos, bejes e azuis marinhos. Não tinha nada em preto e nunca fui muito de comprar esta cor. Com o tempo, a idade e a entrada no mundo do trabalho cheguei à conclusão que umas peças pretas me faziam falta. Primeiro o casaco, depois umas calças, uns sapatitos também e lá se foi a coisa compondo.
A semana passada vi um casaco azul marinho lindo de morrer e fez-me recordar outros tempos. Fez-me também pensar que o azul marinho pode ser tão ou mais elegante que o preto (que muitas vezes cai em vulgar e comum).
Vou ficar de olho em ti azul marinho. Conjugado com o nosso amigo preto também não fica nada mal!

Tudo Mango


30 de janeiro de 2013

Acontece-me cada uma...

Já não basta o quão difícil é deixar o Baby Boy em casa para ir a treinos e jogos, perder sábados ou fins de semana fora sem o ver, muitas vezes ficar ao banco porque desde que engravidei já não sou primeira opção para o treinador, andar em correrias para deixar o Baby Boy com uma das avós e tentar chegar a tempo aos compromissos desportivos (isto foi em tom de desabafo porque não é fácil ser mamã, esposa fófi, trabalhadora e andebolista).....e ontem não é que me esqueci das minhas lentes para treinar?! Sim, eu sou pitosga! E muito! Foi um treino estranho, nublado e não via a hora em que acabasse para colocar os óculos e ver outra vez o mundo! E o dia de ontem acabou assim deprimente. Nem as sandálias super giras que comprei em saldos na Zara salvaram esta última 3ªf de Janeiro.
Lembrem-me para nunca mais me esquecer de tal coisa! Não quero voltar a passar por este mau estar!

25 de janeiro de 2013

Na ilha

Este fim de semana tenho dois jogos na Madeira. Se estivéssemos a falar há 2 anos atrás, o sentimento era diferente. Mais uma deslocação com a equipa. Motivo para algumas praxes às mais novas. Dois dias quase só de raparigas. Dois jogos muito complicados (sendo que um deles é com as campeãs nacionais). Com sorte, uma festarola pela noite dentro.
Este ano a coisa não é tão simples. Tem na mesma isto tudo (ou quase tudo, pois não haverá festarolas para ninguém), mas tem também as saudades que vou sentir do Baby Boy! Tem também o maridão que nos vai acompanhar (já fui tantas vezes à Madeira jogar e ele nunca cheirou a paisagem daquele ilha). Ou seja, o Baby Boy fica muito bem com os avós, mas vai-me custar ficar 3 noites sem ele. Numa ilha. A uns bons km de distância. Partimos hoje de noite e já estou a pensar no regresso, que só acontecerá 2ªf de madrugada.
Vamos ver quantos pontos trazemos da Madeira (no mínimo, 1 vitória dava jeito).

Eu mesma a rematar.
Acho que é a melhor foto que me tiraram até hoje!

23 de janeiro de 2013

Dias maus

Não bastou ontem terminar o treino mais cedo devido ao cansaço, e hoje de manhã irritam-me logo pela fresca! Começa tudo muito bem quando me sento na confeitaria para tomar o pequeno-almoço (coisa rara na minha rotina) e demoram eternidades a atenderem. Depois ainda tenho que levar com uma queque espertalhona que passa à frente da fila para pagar (consciente do que estava a fazer). Lá tive eu que sussurrar um "que grande lata" e ver as pessoas a olhar para trás sem perceber se foi alguém que falou ou se foi a máquina do café que fez barulho. Entretanto começa a chover. Quando entro no estacionamento vem um gajo em contra mão e, cheio de razão (ou pensava ele), começa a esbracejar para eu sair da frente! Eu não saí! Daqui eu não saio, daqui ninguém me tira. Mas depois olhei para as horas e, como estava atrasada, lá fiz marcha atrás. O tipo ainda teve direito a uma buzinadela (minha e do carro que estava atrás de mim).
Resta-me o sorriso do Baby Boy logo ao acordar (e que cedo que agora ele acorda - 6h30) que me faz rapidamente esquecer estas coisas menos boas!

O chef lá de casa ainda se lembra de umas coisas

Não pensem que por não publicar os cozinhados do maridão que ele se desleixou! Nada disso. E a comprovar está a bela da francesinha que ele cozinhou para um grupo de amigos no passado fim de semana.   Estava muito boa e soube-me muito bem!
Ora babem lá.....
Para quem nunca provou, têm que o fazer!


22 de janeiro de 2013

O novo perfume

Enquanto aqui a mamã foi a mais um treino, o papá e o Baby Boy foram dar uma passeio pelo shopping. Quando a mamã chega a casa vê uma prendinha dos dois. Um perfume! O meu J'adore acabou e o papá "descobriu" uma loja no Norteshopping que tem perfumes copiados das grandes marcas. Muito mais em conta, claro está!
Não há nada como o meu J'adore, mas pelo preço (cerca de 8€ por 30ml) este não fica assim tanto atrás! É mais forte e aguenta menos tempo. Mas agora também já não coloco na pele. Poderá ser por borrifá-lo para a roupa, da cintura para baixo para não entrar em contacto com o Baby Boy.

Equivalenza

A dieta do Baby Boy V.

Ontem a consulta com o  pediatra correu muito bem, tirando o facto do Baby Boy estar com diarreia devido a uma gastroenterite (que também provocou uma pequena fissura no rabinho). Agora há que fazer dieta. Sopa de arroz, papa de arroz, leite sem lactose e umas saquetas para ajudar ao tratamento! E ainda creme  especial de corrida para o rabinho!
E é assim. Mesmo em coisas sem grande gravidade, as preocupações são muitas. Mesmo vendo o Baby Boy bem disposto e a rir, as preocupações continuam. Isto de ser mãe tem muito que se lhe diga!

E porque hoje é dia do nome Vicente, é dia do meu filho também!

21 de janeiro de 2013

Ser mãe também é...

..Baby Boy com diarreia há 2 dias + mamã preocupada = consulta no pediatra.

18 de janeiro de 2013

Onde dormem os bebés?

Quando estava grávida conversava com a minha amiga R. (também ela grávida) sobre onde o bebé ia dormir assim que chegava a casa. Na minha inocente opinião, o bebé dormia desde sempre no seu quartinho! Então não é para isso que o preparamos com tanto amor e carinho antes de irmos para o hospital?!
A R., um pouquito surpreendida, disse-me que pelo menos nas primeiras semanas era melhor o bebé ficar junto a nós, até porque temos que o alimentar durante a noite!
Então lá preparei eu o cantinho dele no meu quarto, mesmo ao meu ladinho (mesinha de cabeceira para outro canto)! A alcofa bem chegadinha à minha cama para o ver bem de perto! Mas o que é certo, é que sempre que ele acordava para o leite da noite, lá ia eu para o quarto dele: onde tinha um grande sofá ao meu dispor, uma luz média, todo o kit para mudar a fralda e um computador portátil para não ser tão aborrecido, já que ele adormecia várias vezes (sim, eu segurava o Baby Boy com um braço e mexia no computador com o outro)!
Quando o Baby Boy estava perto dos 2 meses decidimos colocá-lo no quarto dele! Primeiro dormia na alcofa que pousamos dentro da cama de grades e passados uns dias começou a dormir na cama! Excelente. Para mim foi do melhor! E o Baby Boy a ajudar, dormia a noite toda! Não me custou nada e acho que é melhor para todos. Cada um no seu quarto, que afinal ficam mesmo ao ladinho um do outro!
Quando ele tem as fases de acordar várias vezes de noite, lá tenho eu que me levantar. Mas já é coisa que não me incomoda!
Ouço várias teorias. Uma colega vai deixá-lo no quarto dela até fazer 1 ano. Outra tem que ficar com o filho no quarto dela porque mora num T2 e a filha já está a ocupar o segundo quarto (e adora acordar o irmão mais pequenino). Uma amiga minha tem um filho de 3 anos que está agora a habituar-se a ficar no quarto dele. Ainda conheço um caso de uns primos que deitam o filho no quarto dele e a meio da noite quando ele chora o vão buscar para a cama deles!
Não sei qual é a mais acertada. Nem sei se haverá acertada! O importante é cada um sentir que está a fazer o melhor para o filho!
Eu sinto-me bem assim! Leitinho da noite, história e caminha dele! Eu e o marido supimpa vamos para o nosso quarto descansados, o Baby Boy dorme serenamente!

Baby Boy a acordar, sempre bem disposto

17 de janeiro de 2013

New blog in the house

Uma amiga apaixonada por decoração e com muito bom gosto decidiu iniciar um blog. Eu estou com as minhas expectativas altas, pois sei do que ela é capaz!
Vou ficar de olho no Sweet lavender thoughts.
E pedir umas ajudinhas quando necessário!

Friiiiiiiiiiiio

Nestes dias mais frios sabe-me bem vestir esta gola de pêlo que me custou uma pechincha na Sfera há uns 2 anos atrás. É quentinha e fofinha e, quando o meu gabinete está um gelo,  apatece-me adormecer em cima dela.

Gola Sfera
Casaco Zara
Camisa Zara

16 de janeiro de 2013

O parque

Já com os 7 meses no bolso, o Baby Boy já se senta como um homenzinho! É mais difícil deixá-lo "por uns instantes" aqui ou acolá!
Eis que vem em nossa salvação o parque que era da priminha. Maravilha! Ele fica ali a brincar e a palrar e eu posso ir fazendo algumas coisas por casa. Claro que chama sempre alguém para perto dele, que não gosta de estar nas suas brincadeiras sozinho! E lá vou eu dizer olá e fazer figurinhas.
Hoje, enquanto ele se entretia a morder tudo o que lhe aparecia, eu consegui adiantar algumas coisas e ainda passar uns bons minutos no sofá a ver tv. Fim de tarde santo!
O único senão do parque é que as cores não combinam nada com a remodelação que quero fazer. Mas em relação às vantagens, ganha 10-4. Que se lixe se não é cor salmão!
 
 

My wedding shoes

Tinha os sapatos de casamento guardados e há uns meses atrás decidi pensar o que fazer com eles. Deixei-os no sapateiro do costume e ele não quis arriscar pintá-los de preto. Nem sei se é possível forrá-los. Acabei por não procurar mais nenhuma solução. Pensei em passar pela loja onde os comprei - Hayti - mas fui adiando e ainda não meti lá os pés.
Agora começo a ver em vários blogues que os sapatos brancos vão começar a ser moda. Que faço eu ?! Acho que vou esperar para ver se isto pega e se eu alinho nesta "loucura". É que nunca imaginei sapatos brancos a não ser em noivas (não me perguntem porquê, mas nunca imaginei?!).

15 de janeiro de 2013

Ser mãe também é...

...dar por mim a apontar na agenda a espessura do cócó do Baby Boy!

Chill out

O final da noite de ontem foi passada em boa companhia num espaço relaxante e intimista. Noz à Mesa.
O Baby Boy portou-se lindamente. Acordou do seu sono profundo, andou a passear ao colo de toda a gente e ficou a observar a energia da mais pequenina.
É um local a voltar com mais tempo para experimentar outros paladares!

14 de janeiro de 2013

Ser mãe também é...

...perceber que se a mãe não estiver por perto, o Baby Boy corre o risco de andar na via pública com a fralda suja. Nem todos os edifícios públicos estão preparados para ter muda fraldas nas casas de banho dos homens. Ou existe um espaço próprio para este efeito (onde homens e mulheres podem entrar) ou o pai fica à porta da casa de banho das senhoras!

10 de janeiro de 2013

Estou numa de.....Extreme Makeover - Home Edition

Não sou nenhuma perita em decoração (nem de perto, nem de longe), mas gosto de pesquisar revistas e blogues sobre o assunto. Sempre que tento alguma coisa lá em casa ou vou adiando (porque posso encontrar noutra loja e por isso é melhor esperar para antes de comprar ver tuuuuuudo - e depois nunca vejo nada), ou calha mal (ai as minhas cortinas feitas por encomenda, que desgraça), ou acontece algo inesperado e perco-me com outros assuntos (gravidez e crianças), ou porque não me apecete gastar dinheiro! Ahhh, esqueci-me da parte em que me custa imenso ter que furar paredes para colocar quadros e outras coisas que tal.
Mas agora que a parte de mudanças de casas assentou, a gravidez já passou e o Baby Boy já não é um boneco sem manual de instruções, decidi que tenho que fazer alguma coisa pela casa que tanto trabalho deu a remodelar!
Estou determinada e ninguém me vai parar.
No final (daqui a algum tempo, porque eu já me conheço e não é coisa para um mês), se as coisas ficarem apresentáveis, eu mostro os resultados.
Wish me luck!

As primeiras divisões vão ser a sala de estar e sala de jantar. Apaixonei-me pela coleção salmão/coral da Zara Home e é nela que me vou basear!

Zara Home

Zara Home


IKEA


IKEA

Zara Home

IKEA


IKEA


Trocas e baldrocas

E como em muitas ou poucas coisas a crise toca a todos (ou quase todos), decidi deixar de usar o leite de limpeza e o desmaquilhante de olhos da Roche-Posay e experimentei a linha da Nívea. Ao início fiquei na dúvida se seria uma escolha acertada, pois há muito que uso linhas de farmácia, mas a Nívea não é uma marca qualquer. Desde que me lembro existe uma lata azul de Nívea em casa dos meus pais!

ANTES

AGORA

Conslusão: não me arrependo nada. Os resultados são iguais e o preço é bem mais baixo. Não tenho em memória valores concretos, mas acho que com o preço do desmaquilhante de olhos da Roche-Posay (+/-10€) consigo adquirir o leite de limpeza (+/-5€) e o desmaquilhante de olhos (+/-4€) da Nívea.

8 de janeiro de 2013

A minha saia esquecida

A saia que já comprei há uns anos e que já me serve outra vez. Nunca foi muito usada mas hoje pareceu-me bem. É assim tipo saia-lápis, mas nada abaixo do joelho, para eu não parecer uma "tarrequinha" (entenda-se "pessoa baixa").
Hoje foi dia de retirar os últimos vestígios do Natal cá de casa! A estrela que estava na porta da entrada já está prontinha para entrar na caixa. Ela bem que não queria, mas agora é tempo de pensar num novo ano!





Casaco Mango
Blusa Primark
Saia Mango
Sapatos Tintoretto
Colar Stradivarius


Dias assim

Depois de um dia de trabalho soube bem ir jantar fora com o maridão. Local calmo e agradável com musiquinha jazz. Vela acesa na mesa e uma fatia gigantesca de bolo de chocolate para sobremesa.
Hora de ir buscar o Baby Boy, que chegou a casa cheio de energia para a brincadeira. Pijama vestido e último leitinho e está na horinha de ir dormir. Ainda há tempo para a hora da história, que ele tanto adora. Deixá-lo na caminha dele e deitar-me na minha é dos momentos que mais aprecio. E depois como presente o Baby Boy dorme que nem um anjinho a noite toda.
O maridão decidiu fazer uma experiência: levantar-se cedo (muito ceeeeeedo) e ir correr com um amigo. Quando ele volta é hora de me vestir para depois ir acordar o Baby Boy. E ele dá aquele sorriso enorme e delicioso e eu sinto-me novamente preparada para mais um dia. A meio da manhã já estou a cair pelos cantos! Não era suposto eu andar mais fresca quando ele dorme a noite toda?! Parece que as coisas não são assim tão lineares.
Apesar de poder parecer estranho, dias assim enchem-me o coração!

Ser mãe também é...

...achar que tudo o que dou ao Baby Boy enquanto ele está no carrinho dele vai permanecer nas suas mãos durante muito tempo. Lá se foi a minha bolsa de telemóvel fofinha! Foi só passar de uma loja para a outra (em pleno shopping) e a bolsa desapareceu. Mãe ingénua!

As botas fashion

Aqui estão elas! As botas muito procuradas e das quais desisti até, por acaso, voltar ao site da Zara e reparar que estavam outra vez disponíveis. Foi mesmo um presentinho de Natal. Para ficarem perfeitas só falta não me magoarem no tornozelo esquerdo. O maridão diz que é de serem novas e que com o uso se vão adaptar ao meu pé. Mas é a mim que me dói. Não muito, senão nem conseguia andar com elas, mas incomodam. Não fossem elas tão lindas e difíceis de comprar e já as tinha arrumado para canto.


Casaco Sfera
Vestido Origem
Meias Tezenis
Botas Zara

4 de janeiro de 2013

Ser mãe também é...

...fazer um bicho de 7 cabeças ou achar que vai acabar o mundo quando o Baby Boy tem qualquer probema de saúde e depois perceber que há mães que sobrevivem a coisas bem piores. Estar a aprender a desempenhar o papel de mãe não está a ser fácil, mas ao mesmo tempo é muito muito muito bom!

1 de janeiro de 2013

2013 em preto e vermelho

Eu pertenço aos 95% dos portugueses que passaram o Fim de Ano em casa. Com o Baby Boy ainda tão pequeno preferimos fazer desta maneira e soube muito bem.
Para sair de 2012 e entrar em 2013 usei um vestido preto da Blanco (que estava com 40% de desconto em toda a linha "Night") que encontrei uns dias antes numa fugida ao shopping. O colar vermelho foi uma prendinha de Natal e deu uma corzinha ao modelito.

No dia 1 de Janeiro, já ao final da tarde, decidimos passar no shopping para um cafézinho (já que na marginal estava muito vento). Com as lojas todas fechadas e apenas em funcionamento um pequeno quiosque e alguns estabelecimentos de restauração, aquilo parecia uma casa fantasma com vários zombies (não muitos) a deambular pelos corredores. Foi muito estranho!!!

Vestido Blanco
Colar Stradivarius