26 de março de 2012

O que se pode encontrar no meu gabinete 15

Por favor, tirem-me daqui este senhor com perfume rasca!!!

25 de março de 2012

Quase que andava à cowboy

Por estas bandas, "andar à cowboy" é o mesmo que vestir calças sem cuecas! Pois é, hoje a caminho para a piscina lembrei-me que me tinha esquecido das minhas cuequinhas para vestir após as braçadas na natação. Mas já estava tão atrasada que não me apeteceu voltar para trás (apesar do trajecto não ser longo). Mas, eis que o marido supimpa tem a solução! Qual? Tal como já mencionei anteriormente aqui, ele anda sempre com metade do roupeiro às costas (o mesmo que dizer, no saco do desporto). Vai daí e ele lá me emprestou uns boxers dele! Confesso que tive alguma vergonha de os vestir à frente de outras pessoas (poucas por acaso), mas lá teve que ser. E para melhorar a situação ainda pousei uma das meias que ia calçar em cima do fato de banho molhado. Que desastrada que eu hoje estava. E pronto, lá vai o marido ao saco dele buscar um parzinho de meias limpinho aqui para a menina. Deu jeito, é verdade, mas continuo a achar que ele coloca coisas a mais naquele saco.

20 de março de 2012

Na estrada

Agora que me desloco maioritariamente de carro, vou encontrando cada cromo que às vezes até dá vontade de rir (quando estou bem disposta, porque se estiver de mau humor só me dá vontade de buzinar). Uma vez por outra vou encontrando pessoas mais velhinhas a conduzir. Devagar, devagarinho! No meio da estrada de duas faixas! Sem dar piscas! Agora já me consigo conter mais. Penso que mais vale encontrar pessoas de idade a circularem devagar e com calma, do que jovens nervosos e inconscientes que só fazem disparates e colocam em perigo a vida das outras pessoas.
Mas hoje de manhã foi bem diferente. Tinha uma avózinha alucinada mesmo atrás de mim! É que eu se eu já vinha apressada para não me atrasar, ela devia ter-se esquecido da placa em casa para ir tomar o pequeno-almoço com as amigas. Veio coladinha à minha traseira. Qual 'tunning', qual quê! Agarrada ao volante como se o fosse perder a qualquer momento, talvez a cerca de meio metro do vidro frontal, lá ia ela de pé no acelerador! Que senhora tão cool....ou perigosa!

19 de março de 2012

A festa

O dia de ontem começou devagar e calmo. O pequeno-almoço tardio à beira-mar e o almoço num dos meus restaurantes preferidos para saborear um bom peixe. Depois veio a party! Foi um lanchinho bem simples cá em casa, mas com muita gente que eu gosto. Amigos e família. Confusão, gente a entrar e a telefonar, burburinhos e risadas. Foi um dia magnífico! E para acabar em grande, ainda cheguei à conclusão que tive imensas prendinhas. Quem não gosta de as receber?




Pai, para ti

Porque o meu pai é dos leitores mais assíduos e por isso eu sei que ele vê esta mensagem, aqui vai um retrato dos dois, a fazer recordar outros tempos (já não tenho é muito jeito para esta arte)!


Vá, nada de gozar muito com os meus desenhos!

30 já cá cantam

O dia chegou ao fim e estou exausta, mas ao mesmo tempo muito alegre!
Foi um dia de anos magnífico com muitas pessoas que eu adoro. E prendas...uiiii....parecia que era Natal!
Mais novidades amanhã.

17 de março de 2012

Até já

Vou acabar de me despedir dos 29 para amanhã entrar na casa dos 30!

16 de março de 2012

O conforto paga imposto?

Estou mesmo a precisar de uns sapatos rasos super super super confortáveis. Mas não rasos a colar ao chão, que isso não faz muito bem à coluna! Ontem encontrei aqueles que seriam o par de ballerinas ideal! No entanto, o preço conjugado com a marca em si, fazem delas uma miragem, pelo menos por enquanto ou até eu chegar à conslusão que não encontro mais nada.
Para já fico a pasmar por estas!


Estas, em azul marinho (se bem que estas também são giras).
Geox - 109€


Nadar com velhinhos

Ir à natação logo pela fresca (como quem diz, estar a molhar o corpinho às 8h00) é deveras uma experiência muito para além do exercício físico. Tudo começa, porque a maioria das pessoas que frequenta a piscina logo pela matina e durante a semana é maioritariamente gente com bastante experiência de vida: os velhinhos!
Se existem 2 pistas para as aulas livres e numa estão 5 pessoas velhinhas (e eu também, porque quando cheguei não estava ninguém) e noutra 2 mais novas, o velhinho que chega vai para a que tem mais gente! Lá estou eu a mudar de pista, pois aquilo começa a ficar 'intransitável'. Ora porque o velhinho nada devar devagarinho, ou porque nada de costas com os dois braços ao mesmo tempo e ocupa a piscina toda, ora porque anda aos ziguezagues e tenho que contornar obstáculos, ou ainda porque começa a fazer elevações na prancha de partida!
Depois vem a parte do duche e do balneário!
Conversa n.º1: os netinhos. Que já comem papa, que ontem quiseram dar os primeiros passos, que a mãe é muito protectora....
Conversa n.º2: o hospital e a saúde. Teve que ficar internada no hospital pela 2ª vez, o marido está gordo e precisa de exercício, faz bem praticar desporto em qualquer idade e elas são o exemplo disso...
Conversa n.º3: colheitas e cultivo. A D. X já começou a semear a batata, este ano a couve não vai pegar, o granizo que ainda está para chegar vai estragar tudo....
E assim se passa a primeira hora acordada e a tentar não engolir muitos pirolitos na piscina!

11 de março de 2012

A logística do desporto

Desde que eu pratico desporto que tenho que preparar o saco e desfazer o saco do treino. É quase como um ritual já mecânico onde não podem faltar alguns ítems. Se já vou equipada, o saco vai mais leve, se vou directa  de algum lado, o equipamento pesa sempre mais um bocadinho.
As coisas começaram facilitadas, pois como o primeiro desporto foi a natação, não era necesária muita coisa e o fato de banho, touca, óculos e chinelos não pesam muito. Depois na vela e no hipismo também não andava muito carregada, pois ia sempre equipada com a tralha toda. Mas depois no andebol (e nalguns jogos de futsal que ainda fiz com a minha equipa de andebol - estranho, eu sei), as coisas foram ligeiramente diferentes. Principalmente na época da faculdade, em que eu tinha que levar o saco para as aulas pois ia seguida para o pavilhão. São os calções e a t-shirt, o soutien e as meias, as sapatilhas e as joalheiras, os elásticos e o pente, a toalha e a lingerie de muda, o shampô e o amaciador, o gel de banho e os cremes para depois do banho e, muito importante, nunca esquecer os chinelos de banho. E isto no verão, porque no inverno ainda acrescia um polar e umas calças de treino. Pesava um bocadito, mas como a minha mãe sempre diz "quem anda por gosto não cansa".
Hoje continua tudo igual, mas com um pequeno grande pormenor, já não me desloco de transportes públicos, por isso o carro é que carrega!
Isto tudo para dizer que não compreendo a lógica do meu marido a preparar o saco de desporto: 3 pares de meias, 2 pares de calças de treino, 2 calções, 3 t-shirts, 2 pólos de manga comprida, 2 toalhas.......e depois anda à procura de um shampô que também tenha a função de gel de banho para não carregar muito o saco! Eu já lhe perguntei várias vezes o porquê de levar metade da gaveta de roupa de desporto. Ele diz que é para andar prevenido. E que até já deu jeito a colegas que se esqueceram de alguma coisa!!! Será que isto é só dele ou é coisa de homens?!

9 de março de 2012

Mais uma experiência gastronómica

Eu já anseio pelo próximo prato que o marido supimpão me vai preparar. Desta vez foi dia de risotto. A aula valeu bem a pena. Venham mais!
Risotto de alheira de cogumelos e alho francês com queijo parmesão e salsa.


Com este sol, o meu cérebro só consegue processar isto

Beach 2

6 de março de 2012

Fiquei a babar por estas sandálias

Uma beldade natural


by Gucci
Charlotte do Mónaco é o rosto para a nova campanha da Gucci - Forever Now. Não me canso de olhar para esta beleza tão natural. Há pessoas que já nascem assim, lindas. Depois outras coisas ajudam (roupas, maquilhagem, cuidados de beleza), mas esta miúda tem mesmo genes da avó!

5 de março de 2012

Receita aprovadíssima

Ontem foi dia da festa de aniversário de uma criança fofa fofa fofa! Isto quer dizer que foi dia de comer doces e mais doces (para além do arroz de forno que estava maravilhoso). Eu decidi aventurar-me e fiz um Gelado de Filipinos, que superou bastante as minhas espectativas. É uma receita muito fácil, rápida, baratinha e deliciosa. Acreditem que é mesmo, se fosse complicada eu não teria feito.

Então, os ingredientes:
3 pacotes de natas para bater (200ml cada pacote) - a receita pede 2 pacotes, mas para não ficar tão doce eu utilizei 3
1 lata de leite condensado
2 pacotes de Filipinos de chocolate negro - eu comprei as Argolinhas (made in Continente)

E agora o que é necessário fazer:
1. Coloquei os pacotes de natas, a lata de leite condensado e as varetas e recipiente da batedeira no frigorífico no dia anterior (dizem que as natas ficam infalíveis). O certo é que ficaram mesmo. Virei o recipiente de pernas para o ar e não caiu nada!
2. Colocar os filipinos numa saca, envolver com um pano e bater (por exemplo, com o rolo da massa) até se desfazerem. Eu não desfiz completamente para ficarem pedacinhos de bolacha.
3. Bater as natas.
4. Envolver o leite condensado com uma colher de pau. De cima para baixo, dee cima para baixo... Vai ficar muito cremoso.
5. Adicionar as bolachas partidas e envolver para misturar tudo.
6. Levar ao congelador até solidificar.

Muito simples. Até arriscaria a dizer que demorou uns 10/15 minutos na preparação.
Pena não ter tirado foto. Fica para a próxima. A seguir vou experimentar com bolacha maria picada e M&M's. Nhami!

1 de março de 2012

O que eu tenho em falta para me animar a chegada dos 30

A meta dos 30 anos aproxima-se e eu decidi que a partir de agora vou soprar o número de velas equivalente ao número de anos (pelo menos este ano vai ser assim). Era assim que os meus bisavós faziam e era muito divertido, principalmente quando chegaram à casa dos 90. Uma das recordações era ver aquelas velinhas todas acesas (umas muito pequeninas e outras ainda a estrear) e nós já preparados para ajudar na tarefa! Não interessa se vou ter que tirar a primeira camada de bolo com tanta cera a derreter, mas ver aquelas luzinhas todas já é um encanto!
E como a minha mãe já me anda a pedir uma lista de presentes há umas semanas, aqui fica uma listinha bem comedida! Eu já pedi um flash mob surpresa, mas acho que agora já não ia ser surpresa, por isso não é necessária muita logística. É só passar por um shopping qualquer! Pelo sim, pelo não, não se esqueçam dos talões de troca, para o caso de eu receber 10 presentes iguais!!!


Esfoliante
Células mortas, para que vos quero?! Este é o esfoliante do qual eu não prescindo. E já acabou!!!



Óleos
Cheirinhos bons para depois do banho. Os da Body Shop cheiram bem, mas não os tenho encontrado. Já experimentei da Boticário e deve ser o único produto que ainda consigo lá comprar.






Solares de rosto
Parece que as previsões apotam para chuva nos próximos dias, mas para quando está sol (mesmo no inverno), nada como um solar. No meu caso um factor 30, já que a minha pele é branca como a neve.




Mala preta
Um básico que por incrível que pareça me falta. Tenho às risquinhas, às florzinhas, cor rosa, beje, verde, mas uma preta que dá tanto jeito para o dia-a-dia, népias! Nem muito grande, nem em tamanho micro.
Mango

Lanidor


Sapatilhas All Star
Aos anos que não tenho umas...e já sinto saudades.


Leitura
Perdi o hábito da leitura, não fosse eu ler uma frase e adormecer logo a seguir. Mas como quero voltar a ter livros em cima da mesinha de cabeceira acho que não me importava de começar por este.



(P.S. - Se eu me lembrar de mais alguma coisa, eu não me esqueço de avisar!)