29 de fevereiro de 2012

Com ou sem?

É verdade, estou um bocado de escuro, mas o preto e castanho combinados agradam-me de vez em quando. Hoje aproveitei para estrear um vestido novo e uma combinação que já tinha visto noutros blogs e decidi experimentar: casaco de pele e colete de pêlo. Gostei! Dá a sensação que estou com um casaco de pêlo com mangas de pele, aqueceu-me às 8h quando saí de casa para a natação e como ao almoço está mais quente, andei só com o casaco de pele (muito versátil, portanto).
Tenho pena de não vos mostrar fotos com mais qualidade, mas a minha máquina é básica, é quase sempre final do dia e tenho que tirar com o modo automático. Pode ser que um dia, quando eu for crescida, tenha uma daquelas máquinas que muitas bloggers "profissionais" usam, com lentes xpto e tudo. Mas para já, olhem, é para o que dá.

Colete Zara
Casaco Stradivarius
Vestido La Fée Maraboutée
Botas Zara

28 de fevereiro de 2012

Pi Piiiii

Sabe-me bem buzinar aos outros quando tenho razão!

27 de fevereiro de 2012

O que se pode encontrar no meu gabinete 14

Arrepio-me quando uma das minhas colegas de trabalho estala todos os dedinhos da mão! Auch!

25 de fevereiro de 2012

Outros tempos?!

Ontem, em conversa com a F., falávamos da nossa infância e adolescência. Tirando o ficarmos em casa sem os pais ou o ligarmos para núrmeros da lista telefónica e perguntarmos "É da casa do Sr. Coelho?" - "Não!" diziam do outro lado - "Ai desculpe, enganei-me na toca!....hihihih" (pai, quando leres isto não te preocupes, eu só liguei lá de casa umas 3/4 vezes), também tínhamos os nossos devaneios culinários. Qual Masterchefs Júniores, qual prodígios da cozinha. A F., que detesta  todos os alimentos que possam ter um grãozinho de côco, aventurava-se a fazer brigadeiros com...côco!!!!! Afinal de contas era a receita que ela tinha e seguiu-a à risca! Eu e os meus irmãos fazímos crepes: banana com açucar e canela e, quando queríamos com sabor a chocolate, juntávamos o belo do Neskuik. Quando não estava a mamã para preparar o lanche, comíamos tudo oq ue fosse mais doce: crepes, gemadas, bolacha maria com marmelada e afins!
Os meus irmãos costumavam pregar partidas aos meus pais, sobretudo à minha mãe, que fugia deles quando tinham uma lagarta na mão. Ou então decidiam que queriam brincar com o mesmo carro (no meio de 50 semelhantes) e pegavam-se logo à porrada. Sempre tivemos a sorte de ter muito espaço exterior onde brincar, onde os meus irmãos enterravam brinquedos no quintal, entravam nas casinhas dos coelhos e comiam cenouras com eles e empoleiravam-se em árvores. E ainda tivemos tempo para desgraçar uma garniza da minha bisavó (demos-lhe skip a pensar que era comida de animal). Quando chovia jogávamos "hóquei" no corredor. Era simples, bastava uma bola com meias e 3 guarda-chuvas com a pega para baixo. Depois de partirmos o candeeiro e mudámos de desporto.
Hoje em dia, estas e muitas outras coisas seriam logo alvo de uma ida ao psicólogo para muitos pais. Muitas crianças passam horas nas consolas ou a ver os Morangos com Açucar. É mais fácil para os pais. Os filhos estão no seu cantinho e não sujam a roupa a jogar futebol ou a brincar na terra. Como ouvi uma vez, estamos na Era em que é mais fácil a mãe ligar da cozinha para o filho que está no quarto a perguntar o que quer lanchar. Ou então ter dois irmãos frente a frente, cada um com o seu computador, a falar por chat!
Às vezes penso que não passou tanto tempo assim para as coisas mudarem bastante. Dou por mim a utilizar a célebre frase de um anúncio "Eu sou do tempo em que....".

23 de fevereiro de 2012

Online again

Nestes últimos dias o blogger não me queria deixar escrever por aqui. Mas lá descansou um bocadinho e já posso continuar. O Carnaval já lá vai. Foi um dia normal que começou às 8h15 a dar umas braçadas na piscina, foi passado no gabinete a trabalhar e acabou com uma pizza vegetariana do Eataly que estava maravilhosa. Este ano não houve espaço para máscaras, nem festas, mas espero que se tenham divertido, com ou sem fantasia.

Entretanto, este mês decidi não abusar em compras, pois começo a chegar à conclusão que se olhar bem para o armário encontro tudo o que preciso. O problema é quando olho para as novas colecções e acho que me falta tudo. Mas adiante, há 6 anos que ando a controlar-me melhor com compras impulsivas e coisas que depois raramente utilizo. Agora penso mais sobre as compras e até já não é a primeira vez que depois de dois dias a pensar, a peça deixar de existir na loja!

Já aqui tinha falado de uma blusa da Blanco. Fui lá, não havia. Deixei reservado. Esperei. Chegou, experimentei e trouxe comigo. Isto foi ontem e hoje não consegui deixá-la em casa.

Blazer Zara
Blusa Blanco
Calças HM
Botins Parfois

Leve e fofa

20 de fevereiro de 2012

My blue

Casaco Mango
Vestido Mango
Sapatos cordões Tintoretto

18 de fevereiro de 2012

Mais um serão de massa fresca

A nossa amiga M. vai uns tempos para Bruxelas, para uma experiência em grande. Vai estar no paraíso, já que ela ingere uma quantidade exorbitante de chocolate por dia (talvez o equivalente ao que eu como num ano, sem exageros). Vai daí e nada melhor como nos juntarmos para lhe desejar boa sorte!
Desta vez, o tema gastronómico para o jantar foi Raviolis e Tortellinis. E como os chefs ficam sempre entusiasmados com estes serões de culinária, também não faltou tagliatelle de espinafres, ou qualquer coisa meia esverdeada.


A preparação é sempre a mais engraçada.
Aqueles camarõezinhos salteados estavam uma delícia.

Raviolis e tortellinis com ricotta em calda de camarão.

Tagliatelli em calda de camarão.
Apesar de não parecer, tinha espinafres.

E para acabar bem, já depois de empaturrados de entradas e do maravilhoso e delicioso jantar que nos foi servido pelos três chefs de massa fresca, ainda houve um espacinho para uma fatia deste bolo de iogurte que não ficava atrás dos mestres da culinária. Mas este foi feito por uma doceira e lambareira do grupo.


Tarte de iogurte

E é com uma noite de boa comidinha e muita risada que se entra com o pé direito em mais um fim de semana. Obaaaaa!!!!
Agora aqui pensando com os meus botões, este blog está praticamente a tornar-se num blog de culinária! Mas eu não deixo, que a roupinha e os cremezinhos e outras coisas -inhas também são muito boas!


15 de fevereiro de 2012

Frango assado

Estava delicioso! O meu chef supimpão está a ficar licenciado na cozinha.

Com cor fica sempre bem

Estava muito cinzenta, pelo que decidi dar um bocadinho de cor.

Vestido Zara
Blazer Zara
Lenço H&M

Nhami

E o Dia dos Namorados foi passado a dois, como tantos outros serões que passamos juntos! Mas nesta noite, uma coisa diferente. Nada de frutas para a sobremesa. Muito chocolate de brigadeiro, que estava delicioso (e ainda está porque sobrou imenso). Ainda acrescentei uns "pindericalhos" para o bolo ficar mais colorido. Só aqui falta a flor que o marido supimpão me ofereceu. E é assim, a simplicidade das coisas!


14 de fevereiro de 2012

Dia dos Namorados

Hoje é um dia como outro qualquer, é verdade, mas não podemos usá-lo como pretexto para namorar ainda mais?! Não que o não façamos no resto dos dias do ano, mas afinal o dia 14 de Fevereiro também faz parte do calendário. Mas à parte do gostar ou não gostar desta ocasião, o que interessa é que as pessoas sejam felizes!

Parka Zara
Canisola H&M
Calças H&M
Botas Zara

Blazer (muito antigo) Zara

É que já iam


11 de fevereiro de 2012

Encontrei, encontrei, encontrei

E não é que encontrei o meu anel de noivado?! Estou para lá de feliz, alegre e contente! Isto de encontrar coisas perdidas é muito bom. Vale a pena ter sempre esperança!


8 de fevereiro de 2012

O que se pode encontrar no meu gabinete 13

Pessoal a "beber café" à porta e outros a "beber conhaque" dentro do gabinete! Mas ninguém trabalha?!

Cabeça no ar

Desde sempre perdi coisas que gostava ou precisava e em todas elas senti que estavam a tirar algum pedacinho de mim.
Na preparatória perdi um relógio que me ofereceram na comunhão!
No secundário perdi o passe do autocarro, acabadinho de comprar!
Nas primeiras férias com o namorado perdi uns óculos de sol forretas (que acabei por encontrar no final das férias dentro da mala de viagem)!
Logo após casar perdi uns óculos de sol graduados (que descobri após as mudanças de casa, mas que também já não serviam para nada)!
Ontem, perdi uma coisa preciosa e valiosa! O meu anel de noivado! Fiquei no vazio! Sem sentir nada! Nem pena, nem tristeza, isso veio horas mais tarde! Vasculhei por todo o lado e nem uma pedrinha a reluzir. Mas ainda estou na esperança de o encontrar quando fizer uma limpeza à casa! Fiquem a torcer por mim, pois aquele anel é mesmo muito muito muito especial, por tudo e mais alguma coisa!

No dia em que o recebi!

Eu ando de metro e adoro 11

Eu andava de metro e adorava, até me aperceber que sai igual ou mais barato deslocar-me de carro para o trabalho. Eu queria ajudar o ambiente e utilizar os transportes públicos. Queria mesmo muito! Tenho metro praticamente à porta de casa e do trabalho. A viagem é apenas de 7 minutos! No início nem coloquei a hipótese de utilizar outro meio de transporte, mas as constantes subidas de preço do passe fizeram-me mudar de ideias. O que gasto em gasolina é igual ou menor, com as vantagens de demorar 4 minutos a chegar, tenho sempre estacionamento gratuito e perto do trabalho e na hora de almoço não tenho que andar na pressinha! Já para não falar que quando chove ou está muito vento não tenho que ficar naqueles estações miseráveis a apanhar com as condições climatéricas em cima de mim!
Se gostava que fosse diferente, gostava. Mas quando não compensa, paciência!

2 de fevereiro de 2012

Chegou a vez dos assados

Esta semana, o marido supimpa aprendeu a fazer assados, maionese e panados. E como está prometido aqui à je, hoje foi dia de cozinhar para mim. Este novilho assado estava maravilhoso, bem como as batatinhas e o arroz. Estou a ficar rendida a estes cozinhados!


S. Valentim: sentimental ou comercial?

Já lá vai o tempo em que por esta altura eu andava preocupada com os trocos que tinha para comprar algum ‘pindericalho’ para o namorado. Acho que faz parte da adolescência. O belo do postal com corações e os "I love you", as canequinhas, os ursinhos e tudo o que aparece nas montras por esta altura.
Mas eu agora já não ando nessas ondas comerciais. Nesse dia é fugir dos restaurantes, dos cinemas e dos shoppings em geral. Muito melhor do que isso é ficar por casa e fazer um bom jantar. Ou ir lanchar à beira mar tudo aquilo a que se tem direito. Ou até mesmo uma caminhada por um parque bonito e ficar para ver o pôr-do-sol. Este dia é apenas mais um pretexto para passar bons momentos. É como ver o mar e a tranquilidade de um final de tarde de inverno.


Praia de Matosinhos


1 de fevereiro de 2012

1 Ano

Faz hoje precisamente 1 ano que eu colquei o meu primeiro post aqui no Supimpa. Não sei bem o que dizer! Gosto muito de vir aqui publicar coisinhas, pois é como se fosse uma espécie de caderno de apontamentos online que posso partilhar com pessoas conhecidas e desconhecidas. E às vezes até eu vou relembrar o que escrevi. Gosto muito de espreitar outros blogues, de onde tiro ideias e aprecio modelitos. Gosto que comentem o que publico, mesmo sendo poquinhos, são uns queridos. E também gosto de deixar comentários noutros blogues, sobretudo quando gosto do que leio ou do que vejo.
E pronto, até me fartar disto ainda vou andar por aqui a dar umas voltinhas!

Eu sei que é normal colocar aqui uma velinha, mas como eu não fiz nenhum bolo para esta ocasião, deixo-vos com esta imagem para relaxarem um bocadinho. É menos calórica e não é preciso mastigar. Só apreciar!
Façam de conta que fomos até aqui comemorar este primeiro aniversário.

Rhodes - Grécia